sexta-feira, 31 de julho de 2009

Jean-Pierre Augier: Magicien du fer


Por Celia Romano








Como ele transforma o ferro em linhas harmoniosas, simplificando formas e detalhes para sugerir momentos de doce enlevo e ternura em seus primorosos trabalhos...

Corrente pra frente

por Silvia Curiati
Medir felicidade via blogs - dá pra confiar?
Imagine que o que você escreve em seu blog pode ser usado para medir o nível de felicidade do seu país. A responsabilidade aumenta, ou vira uma grande piada?

Leia mais

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Jean Dubuffet

obra de Jean Dubuffet

por veja são paulo

EXPOSIÇÕES
Jean Dubuffet
A coletiva traz 84 obras que marcaram a carreira do inventor do conceito de arte bruta, gênero baseado no autodidatismo e independente de correntes artísticas. Instituto Tomie Ohtake. (11) 2245-1900.
> Sophie Calle: o rompimento que virou arte
> Maria Leontina: retrospectiva com 200 desenhos
> Exposições no celular

Dicas para conseguir empregos de TI

Sun Inner Circle: For Business & Technology Leaders
por Bob Worrall
CIO, Sun Microsystems
cio@sun.com

Analise o rumo da indústria — e aproveite!
O conselho que tenho dado aos formandos é: considere o rumo da indústria, incluindo aspectos como a computação em nuvem e a virtualização, e tente compreender quais serão algumas das necessidades subjacentes desses setores. Há muito tempo que acredito que estamos caminhando para uma indústria baseada em serviços. Em paralelo, haverá uma demanda nas áreas de emprego não tradicionais de TI, tais como segurança, gestão de fornecedores, habilidades contratuais e jurídicas e gestão de programas. Deste modo, se você tiver a oportunidade de desenvolver essas habilidades enquanto ainda estiver estudando, aproveite-a. Leia mais

domingo, 26 de julho de 2009

A Arte de Heather Jansch

indicação Celia Romano
Imaginação e criatividade usando material encontrado na natureza construindo e modelando figuras de animais, é o que esta artista Heather Jansch faz com perfeição...confira.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Cirque du Soleil procura músicos!

Guitar Player e EM&T convidam:
Lico Navarro
Divulgação

O Cirque du Soleil está constantemente em busca de músicos profissionais para performances ao vivo em seus espetáculos atuais e novas produções. Para tanto, com o apoio da Revista Guitar Player e da EM&T-Escola de Música e Tecnologia, será realizada uma palestra de André Faleiros, com o objetivo de informar os músicos que desejam fazer parte do elenco.

Faleiros é brasileiro, radicado no Canadá e estudou baixo elétrico e acústico no Brasil, na França e no Canadá. Ele fez parte da turnê americana DELIRIUM, em 2006, o primeiro show do Cirque du Soleil a acontecer na arena. Tocar—e gravar—juntamente com diversos artistas de Quebec, do Brasil e da África fez André adquirir grande conhecimento do cenário de música internacional. Um artista eclético, André atuou também como diretor e produtor musical de alguns álbuns, antes de compor classificações para documentários e para alguns webisodes (episódios online) produzidos pela Radio-Canada. Além da sua paixão pela música, André está sempre pronto para se envolver em causas pelas quais realmente se preocupa, como Médecins du Monde e Cirque du Monde. Após uma carreira de 15 anos como baixista, compositor e arranjador, André Faleiros uniu-se à equipe de caça-talentos do Cirque du Soleil.

Data: 05 de agosto às 19h30
Inscrições gratuitas: (11) 5012.2777

Local: Auditório Mix Music Hall

Apoio: Revista Guitar Player e EM&T

Clique aqui e veja outras informações no site do Cirque de Soleil

terça-feira, 21 de julho de 2009

Nunca aqueça água no microondas

video
A água explode porque o forno microondas a aquece a uma temperatura superior a 100ºC.
Quando a água é aquecida numa chaleira, no fogão, o fundo fica com uma temperatura superior a 100ºC, desencadeando a formação de bolhas de vapor que sobem à superfície aumentando, a troca de calor e permitindo que a água se mantenha a 100ºC.
No microondas a água é aquecida, mas o recipiente não e por isso não se desencadeia a formação de bolhas que permitiriam arrefecer a temperatura da água. Dessa forma, a água é aquecida a uma temperatura superior a 100ºC, ficando à espera que algo desencadeie a formação de bolhas.
Quando por agitação ou adicionando açúcar ou café, se desencadeia a formação de bolhas, isso ocorre com tal intensidade que resulta numa explosão da água a uma temperatura elevadíssima, que pode provocar queimaduras graves.

Recomendação
: Nunca se deve aquecer, no microondas, recipientes só com água sem mais nada. Deve-se colocar alguma coisa dentro do recipiente, para difundir a energia, tal como uma colher de pau etc (nunca objeto de metal).

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Mentira: cada vez mais fora da moda!

Na internet, mentira está com os dia contados! Faço minhas as suas palavras. Posso fazer suas as minhas idéias. Posso disseminar incertezas. Mas, a intuição sempre prevalescerá. A intuição é o mais eficáz dos critérios de avaliação, porque também é protetora. Quem mente não sobrevive à intuição dos que não mentem. Se, nunca se conseguiu mentir pra todo mundo o tempo todo , muito menos se conseguirá daqui pra frente. Mentirosos, aproveitem a adrenalina da mentira, enquanto ainda acham que podem ("Quem é de verdade, sabe quem é de mentira!" - Pontes Indestrutíveis - Charlie Brown Jr.). Uma dúvida: quem determina o que é mentira se torna o dono da verdade?

Hoje é Dia do amigo! 20 de julho


Hoje é dia do amigo oculto, do amigo distante, do amigo de fé, do amigo pra todas as horas. Você tem um? Parabéns!

domingo, 19 de julho de 2009

Você é um fora-da-Lei de Murphy?

Quem foi o capitão Edward A. Murphy Jr.?

Acredite ou não, Murphy existiu e morou nos Estados Unidos até sua morte em 1990. O capitão Edward A. Murphy Jr. era engenheiro da Força Aérea. Apesar de ter participado de outros testes de design de engenharia nas suas carreiras civil e militar, foi um teste do qual ele participou - quase por acaso - que deu origem à Lei de Murphy.

 O coronel John Paul Stapp a bordo do trenó foguete
Imagem cedida por Base da Força aérea de Edwards
Coronel John Paul Stapp a bordo do foguete-trenó
"Gee Whiz" na Base da Força Aérea de Edwards

Em 1949, na Base da Força Aérea de Edwards na Califórnia, oficiais conduziam os testes do projeto MX981 para determinar de uma vez por todas quantos Gs (a força da gravidade) um ser humano poderia suportar. Eles acreditavam que suas descobertas poderiam ser aplicadas a futuros designs de aviões.

A equipe usou um trenó foguete chamado "Gee Whiz" para simular a força de uma colisão aérea. O trenó andou a mais de 320 km/h em um trilho de 800 metros, chegando a uma brusca parada em menos de um segundo. O problema era que, para descobrir quanta força uma pessoa aguentaria, a equipe precisava de uma pessoa de verdade para fazer o experimento. É aí que entra o coronel John Paul Stapp. Stapp foi um físico de carreira da Força Aérea e se ofereceu para dar uma volta no trenó-foguete. Durante vários meses, Stapp andou várias vezes no aparelho e cada volta era uma tortura física. Ele acabou com ossos quebrados, concussões e vasossanguíneos rompidos nos olhos, tudo em nome da ciência [fonte: Spark (em inglês)].

Murphy frequentou um desses testes, levando um presente: um conjunto de sensores que poderiam ser presos às cintas que prendiam Stapp ao trenó-foguete. Os sensores eram capazes de medir a quantidade exata de força G aplicada quando o trenó-foguete fazia a parada súbita, tornando os dados mais confiáveis.

Há várias histórias sobre o que aconteceu naquele dia e sobre quem contribuiu com o quê para a criação da Lei de Murphy, mas o que segue está bem próximo do que aconteceu realmente.

O primeiro teste depois que Murphy prendeu seus sensores nas cintas produziu uma leitura igual a zero - todos os sensores haviam sido conectados de forma incorreta. Para cada sensor, havia duas maneiras de fazer a conexão e cada um deles foi instalado de maneira incorreta.

Quando Murphy descobriu o erro, resmungou alguma coisa sobre o técnico, que foi supostamente responsabilizado pelo estrago. Murphy disse algo como "se há duas formas de fazer alguma coisa e uma delas vai resultar em um desastre, é assim que ele vai fazer" [fonte: Pesquisas Improváveis (em inglês)].

Pouco tempo depois, Murphy voltou para o Aeroporto Wright, sua base. Mas Stapp, conhecido por seu senso de humor e perspicácia, reconheceu a universalidade do que Murphy havia dito e em uma coletiva de imprensa disse que a segurança da equipe do trenó foguete deveu-se à Lei de Murphy. Ele disse à imprensa que a Lei significava que "Tudo que pode dar errado dá errado" [fonte: The Jargon File (em inglês)].

Bastou isso. A Lei de Murphy começou a aparecer em publicações aeroespaciais e, logo depois, caiu na cultura popular tendo inclusive sido transformada em livro nos anos 70.

Desde então, ela foi expandida. Na próxima seção, veremos algumas interpretações e conseqüências da Lei de Murphy.

Joshua Clark. "HowStuffWorks - Como funciona a Lei de Murphy". Publicado em 26 de setembro de 2007 (atualizado em 14 de julho de 2008) http://pessoas.hsw.uol.com.br/lei-de-murphy1.htm (18 de julho de 2009)

Neste artigo
1.
Introdução

2.
Quem foi o capitão Edward A. Murphy Jr.?

3.
Outras verdades universais

4.
O fatalismo e o apelo da Lei de Murphy

sábado, 18 de julho de 2009

Brincadeira de mau gosto

a) o touro caiu?
b) o fotógrafo ficou sem camisa?

c) Esta foi sua última foto?

d) Todas as anteriores?
fonte: google docs

quinta-feira, 16 de julho de 2009

O futuro da arquitetura de informação

by Webinsider
Passa pela habilidade de organizar uma camada de estrutura para o conteúdo e a classificação criada pelos usuários, além de otimizar as formas de apresentação e de busca e montar uma estratégia de conteúdo capaz de evoluir.
Por Rogério Pereira

...Um material interessante para a realização de uma conversa bem legal com o Daniel Souza, que trabalha com planejamento de experiência do usuário na Talk Interactive.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Eu não sabia!

Os Camelos também Choram!

Quantos de nós iremos ao deserto da Mongólia, nos próximos anos?
Será que montaremos um camelo, na próxima semana?
Muitos na vida, nunca viram o parto de uma camela! Mas, é possível que choremos com alguma música nos próximos dias... (leia mais)

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Internet a favor!

Hoje o poder está mais no dedo que na mão; mais na cabeça que no sexo; mais na intenção que na palavra; mais no plural; mais no compartilhamento. Mais no ser que no estar. Mais na informação que na coerção. Mas... o dinheiro, continua o mesmo: com poucos.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Fogo! 1 julho, 21:30h, Bom Retiro/SP

Rua Prates x Rodolfo Miranda
Incêndio sem vítimas. Sempre muito prejuízo.

É interessante notar que a curiosidade humana, e o desespero, são mais fortes que o instinto de sobrevivência. O trabalho dos bombeiros é sempre exemplar nos episódios de emergência, não só para socorro, mas para evitar que curiosos se acidentem. Em geral, as pessoas querem ver tão de perto uma tragédia que correm risco de morte. Não fosse o isolamento feito por bombeiros e policiais, alguns entrariam nos prédios em chamas, para ver o incêncio de dentro!
Os bombeiros também têm que impedir a entrada desesperada de quem vê seus bens sendo consumidos pelo fogo. Foi o caso da dona da loja que foi contida, nesse episódio.

É louvável a coragem, o preparo técnico e emocional desses profissionais, que enfrentam todo tipo de emergência numa cidade como São Paulo.

No ar












Comunidade literária que vai dar o que falalr
e o que escrever
Inaugurado neste mês, o site www.saladeleitura.com.br é uma comunidade literária colaborativa, com a participação interativa de escritores (amadores e profissionais) de diversos gêneros.
Desenvolvido por um grupo de amantes da literatura, o site abre espaço para os usuários postarem seus próprios textos, promoverem debates, divulgarem eventos, saraus, cursos, palestras, seminários, conferências, lançamentos de livros e tudo o que acontece de mais importante no mundo literário.
Na Sala de Leitura, o autor com obra publicada tem também a oportunidade de se relacionar diretamente com os seus leitores. E para navegar livremente, o interessado deve cadastrar-se para fazer comentários, trocar opiniões construtivas e indicar novos amigos, ampliando a rede de relacionamento. Com um conceito diferenciado dos demais sites literários, o
www.saladeleitura.com.br se destaca pelo dinamismo, interatividade e abrangência do seu conteúdo.